mar

05

Sábado, 5 de março de 2016

Mensagens mensais
MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA DURANTE A 32a MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Adonai, Adonai, Adonai.

Tsebayoth, Tsebayoth, Tsebayoth.

Seus corações estão melhores do que no dia de ontem. Parece que aprenderam o que Eu lhes pedi, porém ainda falta mais, em Glória a Meu Pai.

Felizes aqueles que pedem por Minha Misericórdia, porque na última hora de suas vidas Me verão, assim como Eu vejo a Deus todo o tempo no Universo.

Hoje a cruz de vocês está mais leve, porque Eu intercedi diante da Justiça universal. Tenho autoridade para salvá-los e para amá-los todo o tempo. Se vivem em Meu Coração tudo se cumprirá e não será necessário sofrerem para crescer e evoluir, assim como faz o Universo de ciclo em ciclo.

Hoje vejo em seus corações o sinal de Minha Presença e espero que ela não se apague pela própria vontade de vocês, pois necessito que entendam que devem viver outras coisas, não o que vocês pensam ou o que sabem desta realidade material.

Hoje venho dar-lhes uma anistia extraordinária nestes tempos finais, em que a maioria não está a salvo por arte de sua própria vontade. Por isso, necessito que amem Minha Vontade ainda que não a compreendam ou não a saibam. Se amam Meu Coração, amarão Minha Vontade e a conhecerão para os tempos mais cruciais da Terra. E, assim, saberão onde estar, onde Eu necessitar de vocês, no momento mais esperado por todos e onde Meu Pai estabelecer. Se lhes peço que estejam onde devem estar, não devem recusar. Há um Propósito por detrás de tudo o que vocês ainda desconhecem por serem imaturos, seres que aprendem a viver o amor e o perdão.

Hoje quisera vê-los dentro de Meu Coração. Eu Me aproximo de vocês para contemplá-los e venerá-los em espírito, assim como Meu Pai os venera na imensidão de Sua Misericórdia. Em verdade, necessito saber se realmente estão dispostos a fazer o que Eu lhes pedir em algum momento de suas vidas. Seriam capazes de renunciar ao que sempre desejaram ou pelo que por tanto trabalharam? Sei que não é fácil para ninguém, porque tudo tem seu tempo, assim como a semente que germina na terra e dá seus primeiros brotos, para depois ser uma árvore e dar os frutos de vida que hoje, neste tempo, Eu venho buscar.

São os talentos o que Eu lhes peço, não suas habilidades. Talvez pudessem fazer o melhor para Mim, mas não Me glorificariam nem glorificariam a Meu Pai quando no que fazem faltem o amor e a verdade. A verdade está fundida na unidade do Céu e da Terra, do Cosmos e do Planeta.

Necessito que vivam Meus pedidos porque, se algum dia Eu lhes apresentar um novo pedido, o que farão com ele? Deverei esperar dois mil anos? Os tempos não são os mesmos que os de ontem. Companheiros, filhos de Meu Pai, servos de Adonai, vocês sabem que isso é verdade.

Não procurem solucionar seus problemas afastando-se de seus irmãos, porque, no silêncio, Eu poderia estar ali, observando-os e vocês não Me estariam vendo, nem contemplando no coração. Sua própria purificação, companheiros, dever estar unida a todos, pois a humanidade é única, é uma única criação que deve redimir-se em sua totalidade.

Hoje estou ajoelhado diante de vocês e, assim, demonstro que peço a Deus por vocês todos os dias.

Não gostaria que ficassem cegos em seus caminhos e Me perdessem de vista, porque isso poderia acontecer, companheiros. O mundo criou seu próprio pecado e sempre lhe custou sair dele, por vanglória e orgulho. Mas Eu venho para lhes dar um lugar em Meu Coração que vocês não esperavam, uma oportunidade de repensar e começar de novo, assim como Eu o necesito e o penso para cada um de vocês.

Enquanto Eu lhes falo, Minhas Graças se mostram ao mundo e se fazem visíveis aos corações receptivos ao Meu Chamado. Ainda há muita coisa que deve morrer dentro de vocês, para que depois façam o que Eu preciso: que se amem uns aos outros como Eu os amo em Minha Glória e em Minha Divindade.

Não sejam duros para com seus semelhantes, porque assim o serão Comigo, sem percebê-lo. Se Eu lhes confiei esta missão é para que a vivam apesar das consequências, porque nunca nada lhes faltará. Vejam o quanto falta às almas do mundo, que não querem escutar Deus e que se realizam com seus projetos, que não são os Projetos da Divindade. Não é isso o que Eu necessito de vocês. Necessito que sejam Meus apóstolos da oração, do amor, da unidade e da irmandade. Isso é o que Eu venho pedir a todos, porque é isso o que falta à humanidade, uma humanidade que é soberba e que não se prostra diante de Deus como fizeram os povos do deserto para escutar a palavra sagrada, que é a palavra que hoje deposito em seus corações.

Se, em verdade, prestassem atenção em tudo o que Eu lhes digo, já seriam outros, e não haveria problemas de nenhum tipo no mundo. Porém, há almas que gostam de se perderem em outras coisas ou em suas próprias preferências e se esquecem de Meu Coração, que os está observando todo o tempo, que está todo o tempo receptivo ao amor de vocês, de sua fidelidade, de sua pureza. Não percam a inocência que alcançaram nesta vida e busquem ser humildes antes que tudo aconteça. Esta é a última barca que está passando, porque depois, quando Eu voltar em Glória, chegará a Justiça, e isso já está se cumprindo.

Não busquem o melhor para si. Não busquem escapar de seus conflitos. Não busquem escapar de seus irmãos, que os amam assim como vocês talvez não consigam amar nesta hora decisiva. Mas se adotarem Meu Coração, aprenderão a sentir e a ter fé. Meu Coração transborda de amor e tem sede das almas que não o buscam, tem sede das almas que se consagraram a Mim para esta tarefa. O amor destas almas não é suficiente, não preenche Meu Coração. Não necessito que se fanatizem, mas que Me amem em silêncio e que doem seu amor a todos os irmãos que nesta hora necessitarão de seu apoio para ir adiante.

Em verdade lhes digo, companheiros, não gostaria de vê-los longe de Mim, nem daqueles que Eu coloquei em seu caminho para que aprendessem a amar e a servir, assim como Eu sirvo a todos vocês há tanto tempo. Acaso Minha Presença aqui, neste dia, não é por misericórdia, por piedade, por compaixão? Ainda espero que caminhem em Minha Confiança, porque em Minha Confiança transcenderão suas dificuldades e ajudarão a transcender as dificuldades de seus irmãos, que não saberão como superar os obstáculos que lhes impõe a própria resistência interior e, muitas vezes, Meu adversário.

Não se cansem de Me escutar, porque não estarei aqui por muito tempo mais. A balança já está cheia e a ponto de se quebrar.

Meu Coração opõe-se à Justiça para que, assim, as almas possam cruzam o portal que as levará à reconciliação com Deus e com todo o Seu Projeto Universal.

Meu Coração procura a salvação de todos os seres da Terra. Por isso, na plenitude de Minha Fé, procuro o melhor caminho para todas as almas, para que possam Me seguir e Me encontrar de alguma forma. Se Eu dedico este tempo às almas, também o dedico a vocês, porque Minha atenção está em todos. Todos são importantes para Mim nesta hora de transição.

Glorifiquemos a Deus pela Vitória de Meu Coração e O louvemos.

Cristo Jesus Glorificado

mar

04

Sexta-feira, 4 de março de 2016

Mensagens mensais
MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA PARA A 32a MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Rendam-se a Mim, pois este já é Meu último tempo.

As horas passam para este mundo e as almas se perdem. Felizes de vocês por Me receberem e serem dignos no Senhor, ainda que não o mereçam, pois, se não se rendem, como Eu poderei estar em vocês e vocês em Mim?

Meu Sagrado Coração derrama Seu Sangue sobre os horrores do mundo, sobre todos os pecados. Quem será digno de recolher Meu Sangue, assim como fizeram Minha Mãe e Maria Madalena? Quem será como João e estará até o último momento frente à Cruz sem temor algum?

O que Eu lhes dei – em suas vidas – foi o melhor que lhes pude dar; não há outra coisa melhor que lhes possa entregar. Cada um tem o que é justo e o que merece diante da Lei de Meu Pai. Então, por que vocês não se rendem?! Que mal Eu lhes posso fazer se, mesmo em meio à tribulação, venho a vocês nesta noite abençoada para derramar os códigos de Meu Sangue e renová-los no Espírito de Deus?

Há muitos que dizem estar Comigo, mas não estão. Necessito de verdadeiros apóstolos, não apóstolos de barro, que se rompam com um so golpe. Assim como disse a Meus apóstolos no passado, vocês não conhecem Minha Justiça. Não venho castigá-los, venho trazer-lhes a verdade, aquela verdade que pode estar em vocês se vocês estão em Mim e não Me rechaçam em seus irmãos.

Se vocês não vivem as provas, como aprenderão? Sem as provas, acreditam alcançar o Céu e a Divindade?

Não estou falando de coisas impossíveis, companheiros. Hoje venho dedicar esta mensagem a vocês, ainda que a necessidade do mundo seja maior que vocês mesmos.

Hoje lhes mostro Minha Dor, que é a dor do mundo, e convido a cada um de vocês a conhecê-la, aceitá-la e vivê-la na oração. Mas sei que alguns de vocês não aceitam essa dor porque temem conhecê-la. Entreguei essa dor a todos os santos e às pessoas simples de coração através dos tempos. A dor é maior que Minha Misericórdia, e isso Eu não posso ocultar. Quem carregará essa pesada Cruz e não viverá só de Meus Milagres? Os que são chamados pelo Pastor devem viver todas as coisas que Eu lhes entrego de tempos em tempos.

Porém, Meu Sagrado Coração ainda espera cada um de vocês e que, nesta oferenda misericordiosa de oração, já não sejam os mesmos, porque já não há tempo a perder. O mundo se obscurece pouco a pouco e o fervor não pode apagar-se dos corações. Como vocês poderão ser depositários de Minhas Graças se, às vezes, seus corações se fecham diante de Mim e diante de seus irmãos?

Eu não venho lhes prometer uma vida magnífica neste mundo, mas, sim, venho prometer-lhes a Vida Eterna no próximo mundo. Se vocês se separam entre si, vocês se separam de Mim, e Minha Mão não pode se aproximar de vocês, porque vocês se distanciam, distanciam-se de Minha Luz, de Meu Amor insondável, de Minha Paz, de Minha Esperança.

Hoje, não lhes quero deixar uma mensagem de dor, mas uma realidade. Todas as almas estão em juízo e isso recém começou. O juízo de vocês poderá ser leve se seu amor for maior. O amor pelo que vocês ainda não sentem, o amor pelo que não aceitam, o amor pelo que rechaçam, o amor pelo que negam diante de tudo o que receberam à Minha direita e à Minha esquerda.

Hoje, não posso abrir Meus Braços nem estender Minhas Mãos para vocês, porque não vejo o amor do mundo. São muito poucas as chamas que se acendem para Me glorificar, mas ainda é tempo, companheiros, de dar um passo a mais na confiança em Meu Sagrado Coração.

Desejo vê-los em plenitude e não com amargura. Meu Coração derrama Seu Sangue para renová-los, para vivificá-los no Espírito de Meu Pai, que está nos Céus e que os contempla dia e noite. Se vocês não aceitam o que Eu lhes dou, não poderão vivificar Meu Pai Eterno, pois Meu Pai está pleno de dons para todas as almas, mas as almas não permitem que se derramem os dons em seus corações.

Desejaria falar-lhes daquilo que, em verdade, o mundo necessita, mas primeiro devo cuidar dos que Eu escolhi a dedo, através dos tempos, e marquei com Minha Luz, neste último ciclo.

Os apóstolos estiveram separados para pregar, mas nunca deixaram de se unirem, assim como Eu lhes ensinei, na oração, na adoração a Deus. Vocês creem adorar Meu Coração, mas não sabem fazê-lo. É uma conquista para seus espíritos adorar Meu Coração quando tiverem confiança em Mim por tudo o que vivem. Nada é por acaso. Vocês vivem o que semearam e estão colhendo o que plantaram. Não há nenhum erro em tudo isso. O Céu sabe que as almas se equivocam, mas vocês devem começar de novo, todos os dias, na absoluta certeza de que servirão ao Pastor, apesar das consequências.

O que mais querem de Mim? Isso é tudo o que Eu lhes posso dar e já é uma Graça máxima que possam vivê-lo nestes tempos difíceis. Elevem ao Pai seus erros, porque são os erros do mundo, a indiferença dos corações que sofrem por não poderem reconhecer o Propósito frente ao qual passaram muitas vezes, de diferentes formas e com diferentes sinais.

Acolham Minha dor pela indiferença humana e transformem-na em amor e em compaixão. Acolham a indiferença de seus irmãos que sofrem por Me recusarem inconscientemente. Acolham a dor alheia e, assim, Me ajudarão a cumprir o Plano. Que esta Maratona seja assumir a dor do mundo, que a maioria não quer viver. Pois se a dor não for assumida, o mundo sofrerá por não haver escutado a mensagem.

Hoje, Meus anjos da guarda adoram suas essências, o que é verdadeiro e sublime aos Olhos de Deus. Eles não veem seus defeitos e suas imperfeições, eles veem o que verdadeiramente vocês são e não se cansam de fazê-lo. É algo que vocês devem aprender em si mesmos e em seus irmãos. Assim, vocês se libertarão das influências de Meu adversário, que tritura as mentes, assim como o trigo se torna pó.

Sejam misericordiosos, ainda que não o sejam. Renovem seus votos ante Meu Coração todos os dias e não temam viver sua cruz, pois se Eu levei a Cruz por vocês e pelo mundo, por que vocês não compartilharão a Cruz que hoje carrego por esta humanidade? Ainda que Eu seja um ser ascendido, que Minha humildade os humilhe, que Minha verdade os purifique, que Meu Coração os limpe de toda mancha, de toda adversidade.

Se vocês creem que Eu Sou a Luz entre as trevas, por que não Me seguem naquilo que Eu coloquei em seus caminhos?

Meu Rosto se desenha nos corações que são verdadeiros e nos que são honestos em sua transformação, apesar das quedas. Eu não deixo de ajudar os que clamam por Mim, mas não posso ajudar os que se orgulham por suas próprias virtudes. Desterrem aquilo que já não serve mais para Meu Pai; assim, Eu poderei entrar em vocês como Eu entrei em Padre Pio, deixando o sinal visível de Minha Presença por cinquenta anos. Tenho algo especial para cada um de vocês, mas ainda não pude entregar. No sacrifício se encontra a confiança em Deus. Na humildade, na humilhação se encontra o despojamento de si e todas as barreiras da matéria são transcendidas.

Quero que, nesta Maratona, vocês sejam verdadeiros Comigo e que não o sejam apenas pelas palavras. Que seus verbos pronunciem o que verdadeiramente sentem diante de Meu Coração Misericordioso, porque, enquanto grande parte do mundo sofre perseguição e guerra e não pode Me receber, e vocês? O que farão com tudo o que Eu lhes dei com tanto amor e misericórdia? Sejam honestos diante dos Céus e renunciem, não com soberba, mas com humildade, com paz, com esforço e sacrifício. Renunciem verdadeiramente ao que creem que é melhor ou ao que poderia melhorar. Meus apóstolos passaram por essa prova até o final de seus dias.

Não deixem suas consciências dormirem quando Eu estou falando. Eu Sou seu Rei e sua Salvação.

Necessito de que cresçam em consciência e não em vaidade. Minhas Pérolas Preciosas não podem se perder neste mundo. Adorem Meu Coração para que nenhum mal aconteça, pois o tempo de Minha Justiça se aproxima para toda a humanidade.

Saiam de si mesmos e vejam os que morrem – o que a televisão mostra como se fosse uma vitória. Ó companheiros Meus, ainda não sabem o que sente Deus quando um coração é indiferente ao que lhe foi dado por Misericórdia.

Estou levando todos a uma avaliação interior porque, quando Eu retornar, não poderei ver em suas túnicas nenhuma mancha e, se houver algumas manchas, não poderei reconhecê-los, porque até agora Eu lhes ensinei a lavar suas vestes com a água de Minha Misericórdia e de Minha Glória.

Tentem amar um pouco mais, ainda que não o possam. Meu Coração se oferece para isso e seus irmãos também se oferecem para que sejam amados de verdade. Rezemos a Deus pelos que não podem amar a Meu Pai nem a Mim. Rezemos com fervor e com misericórdia, assim como Eu lhes ensinei no princípio.
 

Pai nosso, que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome.
Venha a nós o Vosso Reino.
Seja feita a Vossa Vontade, assim na Terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia dai-nos hoje. Perdoai as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos aos que nos têm ofendido.
Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
Amém

 

Não gostaria de vê-los com "'caras fechadas'' nesta Maratona, porque o mundo precisa de alegria, verdadeira alegria para poder transcender todos os males e as indiferenças que as almas cometem diariamente diante do Reino Celestial.

Hoje, poderei abençoar, por compaixão, estes elementos que vocês puseram diante de Meu altar, que está no Céu e está na Terra, para que seus corações sejam lavados pelo Meu Sangue e seus espíritos sejam purificados pelo Meu Corpo, dois sinais visíveis da redenção e da entrega ao Meu Coração, que sempre os espera.

Há dois mil anos, Eu lhes deixei um tesouro universal, uma insígnia perpétua para seus corações e suas almas. Deixei-lhes o tesouro vivo do Universo, o terafim de Deus manifestado em corpo e sangue para toda a humanidade. Quantas vezes vocês já comungaram Comigo? Vocês o fizeram de verdade ou apressadamente? Quantas vezes Eu Me ofereci na mesa de todas as almas, de modo que Me vivessem na Paixão e na Cruz?

Meu Coração Sagrado hoje derrama Seu Sangue pelas almas indiferentes, pelos que não se animam a se confessar Comigo, perante Minha Divina Humildade e perante Minha Paz.

Hoje, preparo com esta comunhão toda esta parte da Terra, que deve se consagrar à Minha Divindade antes que Eu retorne ao mundo pela segunda vez. Para chegarem à Minha Divindade, vocês deverão se limpar e se purificar todos os dias. Por isso, peço-lhes que se rendam a Mim, para que seus corações superem todas as provas em nome de Deus e de Seu Infinito Projeto.

Diante dos Anjos guardiães do Universo, diante dos Arcanjos que glorificam Meu Pai perpetuamente, diante do Santíssimo Espírito de Deus, diante de Seu Filho Amado, diante do Pai Celestial, que unifica tudo o que foi criado e que vivifica os espíritos que Lhe respondem com sinceridade, diante da Majestade da Mãe do Mundo, Eu os absolvo e os perdoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Quando cometerem uma indiferença, lavem seus pés, assim como eu lavei os pés dos apóstolos, para que reconhecessem que Deus Se faz muito pequeno diante das almas mais orgulhosas. Não ofendam mais a Deus, porque o mundo já O ofendeu muito.

Vivam Meus Tesouros Celestiais e vocês alcançarão a Vida Eterna. Amém.

Cristo Jesus Glorificado

mar

04

Sexta-feira, 4 de março de 2016

Mensagens mensais
MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA PARA A 32a MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Rendam-se a Mim, pois este já é Meu último tempo.

As horas passam para este mundo e as almas se perdem. Felizes de vocês por Me receberem e serem dignos no Senhor, ainda que não o mereçam, pois, se não se rendem, como Eu poderei estar em vocês e vocês em Mim?

Meu Sagrado Coração derrama Seu Sangue sobre os horrores do mundo, sobre todos os pecados. Quem será digno de recolher Meu Sangue, assim como fizeram Minha Mãe e Maria Madalena? Quem será como João e estará até o último momento frente à Cruz sem temor algum?

O que Eu lhes dei, em suas vidas, foi o melhor que lhes pude dar; não há outra coisa melhor que lhes possa entregar. Cada um tem o que é justo e o que merece diante da Lei de Meu Pai. Então, por que vocês não se rendem? Que mal Eu lhes posso fazer se, mesmo em meio à tribulação, venho a vocês nesta noite abençoada para derramar os códigos de Meu Sangue e renová-los no Espírito de Deus?

Há muitos que dizem estar Comigo, mas não estão. Necessito de verdadeiros apóstolos, não apóstolos de barro que se rompem com um só golpe. Assim como disse a Meus apóstolos no passado, vocês não conhecem Minha Justiça. Não venho castigá-los. Venho trazer-lhes a verdade, aquela verdade que pode estar em vocês se vocês estão em Mim e não Me rechaçam em seus irmãos.

Se vocês não vivem as provas, como aprenderão? Sem as provas, acreditam alcançar o Céu e a Divindade?

Não estou falando de coisas impossíveis, companheiros. Hoje venho dedicar esta mensagem a vocês, ainda que a necessidade do mundo seja maior que vocês mesmos.

Hoje lhes mostro Minha Dor, que é a dor do mundo, e convido cada um de vocês a conhecê-la, aceitá-la e vivê-la na oração. Mas sei que alguns de vocês não aceitam essa dor porque temem conhecê-la. Entreguei essa dor a todos os santos e às pessoas simples de coração através dos tempos. A dor é maior que Minha Misericórdia, e isso Eu não posso ocultar. Quem carregará essa pesada Cruz e não viverá só de Meus Milagres? Os que são chamados pelo Pastor devem viver todas as coisas que Eu lhes entrego de tempos em tempos.

Porém, Meu Sagrado Coração ainda espera cada um de vocês, e que nesta oferenda misericordiosa de oração, já não sejam os mesmos, porque não há mais tempo a perder. O mundo se obscurece pouco a pouco e o fervor não pode se apagar dos corações. Como vocês poderão ser depositários de Minhas Graças se, às vezes, seus corações se fecham diante de Mim e diante de seus irmãos?

Eu não lhes venho prometer uma vida magnífica neste mundo, mas, sim, venho prometer-lhes a Vida Eterna no próximo mundo. Se vocês se separam entre si, vocês se separam de Mim, e Minha Mão não pode se aproximar de vocês, porque vocês se distanciam, distanciam-se de Minha Luz, de Meu Amor insondável, de Minha Paz, de Minha Esperança.

Hoje não lhes quero deixar uma mensagem de dor, mas uma realidade. Todas as almas estão em juízo e isso recém começou. O juízo de vocês poderá ser leve se seu amor for maior. O amor pelo que vocês ainda não sentem, o amor pelo que não aceitam, o amor pelo que rechaçam, o amor pelo que negam diante de tudo o que receberam à Minha direita e à Minha esquerda.

Hoje não posso abrir Meus Braços nem estender Minhas Mãos para vocês, porque não vejo o amor do mundo. São muito poucas as chamas que se acendem para Me glorificar, mas ainda é tempo, companheiros, de dar um passo a mais na confiança em Meu Sagrado Coração.

Desejo vê-los em plenitude e não com amargura. Meu Coração derrama Seu Sangue para renová-los, para vivificá-los no Espírito de Meu Pai, que está nos Céus e que os contempla dia e noite. Se vocês não aceitam o que Eu lhes dou, não poderão vivificar Meu Pai Eterno, pois Meu Pai está pleno de dons para todas as almas, mas as almas não permitem que se derramem os dons em seus corações.

Desejaria falar-lhes daquilo que, em verdade, o mundo necessita, mas primeiro devo cuidar dos que Eu escolhi a dedo, através dos tempos, e marquei com Minha Luz, neste último ciclo.

Os apóstolos estiveram separados para pregar, mas nunca deixaram de se unir, assim como Eu lhes ensinei na oração, na adoração a Deus. Vocês creem adorar Meu Coração, mas não sabem fazê-lo. É uma conquista para seus espíritos adorar Meu Coração quando tiverem confiança em Mim por tudo o que vivem. Nada é por acaso. Vocês vivem o que semearam e estão colhendo o que plantaram. Não há nenhum erro em tudo isso. O Céu sabe que as almas se equivocam, mas vocês devem começar de novo, todos os dias, na absoluta certeza de que servirão ao Pastor, apesar das consequências.

O que mais querem de Mim? Isso é tudo o que Eu lhes posso dar e já é uma Graça máxima que possam vivê-lo nestes tempos difíceis. Elevem ao Pai seus erros, porque são os erros do mundo, a indiferença dos corações que sofrem por não poderem reconhecer o Propósito frente ao qual passaram muitas vezes, de diferentes formas e com diferentes sinais.

Acolham Minha dor pela indiferença humana e transformem-na em amor e em compaixão. Acolham a indiferença de seus irmãos que sofrem por Me recusarem inconscientemente. Acolham a dor alheia e, assim, Me ajudarão a cumprir o Plano. Que esta Maratona seja assumir a dor do mundo, que a maioria não quer viver. Pois se a dor não for assumida, o mundo sofrerá por não haver escutado a mensagem.

Hoje Meus anjos da guarda adoram suas essências, o que é verdadeiro e sublime aos Olhos de Deus. Eles não veem seus defeitos e suas imperfeições, eles veem o que verdadeiramente vocês são e não se cansam de fazê-lo. É algo que vocês devem aprender em si mesmos e em seus irmãos. Assim, vocês se libertarão das influências de Meu adversário, que tritura as mentes, assim como o trigo se torna pó.

Sejam misericordiosos, ainda que não o sejam. Renovem seus votos ante Meu Coração todos os dias e não temam viver sua cruz, pois se Eu levei a Cruz por vocês e pelo mundo, por que vocês não compartilharão a Cruz que hoje carrego por esta humanidade? Ainda que Eu seja um ser ascendido, que Minha humildade os humilhe, Minha verdade os purifique, Meu Coração os limpe de toda mancha, de toda adversidade.

Se vocês creem que Eu Sou a Luz entre as trevas, por que não Me seguem naquilo que Eu coloquei em seus caminhos?

Meu Rosto se desenha nos corações que são verdadeiros e nos que são honestos em sua transformação, apesar das quedas. Eu não deixo de ajudar os que clamam por Mim, mas não posso ajudar os que se orgulham de suas próprias virtudes. Desterrem aquilo que já não serve mais para Meu Pai; assim, Eu poderei entrar em vocês como Eu entrei em Padre Pio, deixando o sinal visível de Minha Presença por cinquenta anos. Tenho algo especial para cada um de vocês, mas ainda não pude entregar. No sacrifício se encontra a confiança em Deus. Na humildade, na humilhação se encontra o despojamento de si e todas as barreiras da matéria são transcendidas.

Quero que nesta Maratona vocês sejam verdadeiros Comigo e que não o sejam apenas por palavras. Que seus verbos pronunciem o que verdadeiramente sentem diante de Meu Coração Misericordioso, porque, enquanto grande parte do mundo sofre perseguição e guerra e não pode Me receber, e vocês, o que farão com tudo o que Eu lhes dei com tanto amor e misericórdia? Sejam honestos diante dos Céus e renunciem, não com soberba, mas com humildade, com paz, com esforço e sacrifício. Renunciem verdadeiramente ao que creem que é melhor ou ao que poderia melhorar. Meus apóstolos passaram por essa prova até o final de seus dias.

Não deixem suas consciências dormirem quando Eu estou falando. Eu Sou seu Rei e sua Salvação.

Necessito que cresçam em consciência e não em vaidade. Minhas Pérolas Preciosas não podem se perder neste mundo. Adorem Meu Coração para que nenhum mal aconteça, pois o tempo de Minha Justiça se aproxima para toda a humanidade.

Saiam de si mesmos e vejam os que morrem – o que a televisão mostra como se fosse uma vitória. Ó companheiros Meus, ainda não sabem o que sente Deus quando um coração é indiferente ao que lhe foi dado por Misericórdia.

Estou levando todos a uma avaliação interior porque, quando Eu retornar, não poderei ver em suas túnicas nenhuma mancha e, se houver algumas manchas, não poderei reconhecê-los, porque até agora Eu lhes ensinei a lavar suas vestes com a água de Minha Misericórdia e de Minha Glória.

Tentem amar um pouco mais, ainda que não o possam. Meu Coração se oferece para isso e seus irmãos também se oferecem para que sejam amados de verdade. Rezemos a Deus pelos que não podem amar a Meu Pai nem a Mim. Rezemos com fervor e com misericórdia, assim como Eu lhes ensinei no princípio.

Pai nosso, que estais no Céu,
       santificado seja o Vosso Nome.
       Venha a nós o Vosso Reino.
       Seja feita a Vossa Vontade,
       assim na Terra como no Céu.
       O pão nosso de cada dia dai-nos hoje.
       Perdoai as nossas ofensas,
       assim como nós perdoamos aos que nos têm ofendido.
       Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
       Amém

Não gostaria de vê-los com "'cara fechada'' nesta Maratona, porque o mundo precisa de alegria, verdadeira alegria para poder transcender todos os males e as indiferenças que as almas cometem diariamente diante do Reino Celestial.

Hoje poderei abençoar, por compaixão, estes elementos que vocês puseram diante de Meu altar, que está no Céu e está na Terra, para que seus corações sejam lavados pelo Meu Sangue e seus espíritos sejam purificados pelo Meu Corpo, dois sinais visíveis da redenção e da entrega ao Meu Coração, que sempre os espera.

Há dois mil anos, Eu lhes deixei um tesouro universal, uma insígnia perpétua para seus corações e suas almas. Deixei-lhes o tesouro vivo do Universo, o terafim de Deus manifestado em corpo e sangue para toda a humanidade. Quantas vezes vocês já comungaram Comigo? Vocês o fizeram de verdade ou apressadamente? Quantas vezes Eu Me ofereci na mesa de todas as almas, de modo que Me vivessem na Paixão e na Cruz!

Meu Coração Sagrado hoje derrama Seu Sangue pelas almas indiferentes, pelos que não se animam a se confessarem Comigo, perante Minha Divina Humildade e perante Minha Paz.

Hoje preparo com esta comunhão toda esta parte da Terra que deve se consagrar à Minha Divindade antes que Eu retorne ao mundo pela segunda vez. Para chegarem à Minha Divindade, vocês deverão se limpar e se purificar todos os dias. Por isso lhes peço que se rendam a Mim, para que seus corações superem todas as provas em nome de Deus e de Seu Infinito Projeto.

Diante dos Anjos Guardiães do Universo, diante dos Arcanjos que glorificam Meu Pai perpetuamente, diante do Santíssimo Espírito de Deus, diante de Seu Filho Amado, diante do Pai Celestial, que unifica tudo o que foi criado e que vivifica os espíritos que Lhe respondem com sinceridade, diante da Majestade da Mãe do Mundo, Eu os absolvo e os perdoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Quando cometerem uma indiferença, lavem seus pés, assim como Eu lavei os pés dos apóstolos, para que reconhecessem que Deus Se faz muito pequeno diante das almas mais orgulhosas. Não ofendam mais a Deus, porque o mundo já O ofendeu muito.

Vivam Meus Tesouros Celestiais e vocês alcançarão a Vida Eterna. Amém.

Cristo Jesus Glorificado

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos